sábado, 28 de junho de 2014

Capitulo 10 - Casal 20

Demi On

Na hora do intervalo quando eu e Joe entramos de mãos dadas no refeitório fomos aplaudidos, teve a maior gritaria e assovios, eu não estava acreditando que eles estavam realmente acreditando. Joe não parava de sorrir e aquele sorriso meio que estava me prendendo, ele ficava lindo sorrindo, mesmo sendo um completo idiota.

- BEIJA! BEIJA! - As pessoas começaram a gritar. Joe me puxou pela mão colando nossos corpos.
- Pela platéia? - Ele perguntou baixo, para somente eu escutar.
- Você esta adorando essa atenção, não é? - Constatei, ele sorriu torto.
- Via dizer que você não? - Perguntou segurando meu rosto carinhosamente.
- Você é tão idiota... - Revirei os olhos irritada, porque eu tinha aceitado fazer isso mesmo? Ah lembrei, porque o imbecil me chantageou!
- E você é muito irritante! - Ele sorriu ao falar para não dar na cara que estávamos brigando.
- Eu não quero fazer mais isso. - Disse, ele riu.
- Olha em volta Demi, somos o casal 20 da escola. Você não pode desistir agora, ia pegar mal para a nossa imagem! - Ele moveu meu rosto para os lados me fazendo observar as pessoas que ainda esperavam pelo beijo. - Então, vamos dar o que eles querem? - Ele se aproximou encostando sua testa a minha.
- Me beija logo idiota! - Ele riu do que eu disse mas logo me beijou.

As pessoas foram a loucura, o barulho era tanto que eu juro que por um momento eu não escutei nada, ou isso era apenas consequência do nosso beijo? Não foi um beijo demorado, mas o suficiente para acelerar meu coração. Joe se afastou sorrindo e me abraçou de lado.

Como eu sempre sentava em uma mesa com as lideres de torcida e Joe com os jogadores, tivemos que formar uma nova mesa. Mas como não cabia todo mundo, escolhemos apenas os amigos mais próximos. Ficamos, Eu, Selena, Miley,que não veio hoje, mas sentaria conosco amanha, Vanessa, Joe, Zac, Sterling, Justin e Nicholas.

- Vocês arrebentaram com aquele beijo, fecharam com a cara de todo mundo, inclusive com a da nojenta da Nicole, que colocou aquelas fotos do Joe. - Vanessa disse divertida enquanto bebia seu suco.
- Olha como fala dela. - Nick alertou. Vanessa revirou os olhos.
- Achei bem desnecessário ela nos atacar desse jeito, o que é que eu fiz a essa garota? - Joe se pronunciou.
- Mas vocês não se rebaixaram ao nível dela, isso é o que importa! - Sterling sorriu fazendo um hi-five com Joe.
- Algum problema com a Nicole, Sterling? - Nick perguntou meio sínico, eu não estava entendendo essa atitude dele.
- Nenhum. Só acho baixaria e falta do que fazer o que ela fez com a Demi. - Ster respondeu no mesmo tom. Certo, o que estava acontecendo entre esses dois?
- Uhhh, quantos hormônios no ar... - Justin se divertiu com o começo de briga.
- Cala a boca Justin. -  Selena deu um tapa no braço dele.
- Olha aqui Sterling, qualquer problema que tiver com a Nicole, pode vim falar comigo, eu posso responder muito bem pela minha namorada! - Nicholas se irritou se levantando. - O ar dessa mesa ta muito pesado para mim. - Ele continuou saindo e indo se sentar com os outros jogadores.
- Nossa! - Zac disse olhando em volta como se procurasse algo no ar. - Não parece que o ar ficou mais leve de repente? - Começamos a rir da piada e continuamos a conversar até o sinal tocar.

Miley On

Três horas em ponto a campainha da minha casa tocou. Levantei do sofá e caminhei para abrir a porta.

- Hey. - O cumprimentei.
- Oi, nossa, você ta linda. - Ele elogiou e eu sorri. Eu estava usando um short jeans amarelo e uma blusa branca com a frase "Fuck You!" escrita. - Bela blusa. Bem direta. - Ele apontou para a frase.
- Não se preocupe, não é para você. - Ele riu do meu comentário.
- Vamos? - Perguntei.
- Vamos! - Ele concordou. Fechei a porta da casa. - Mas tem um problema, eu ainda não tenho carro... - O interrompi.
- Não tem problema, podemos ir andando a praia não é tão longe... - Agora ele me interrompeu.
- Na verdade eu tenho uma ideia, não sei se você vai gostar... - Ele apontou para a calçada onde tinha uma bicicleta esperando.
- Nossa! - Disse surpresa caminhando até a bicicleta. - Só tem um problema, você vai aguentar me levar? - Brinquei.
- Você esta se chamando de gorda? - Ele retrucou com um sorriso sacana.
- Não! Estou te chamando de fraco. - Pisquei para ele.
- Outch! - Ele fingiu ser atingido por uma bala. - Eu me rendo, você ganhou. - Ele sorriu me estendendo um capacete.
- Obrigada. - Ele me ajudou a colocar e colocou o seu se posicionando na bicicleta.
- Pronto. Pode sentar. - Ele mandou.

Me sentei de lado no quadro na bicicleta e ele começou a pedalar. O vento batendo no meu cabelo me dava um sentimento de liberdade, o cheiro do mar já chegava cada vez mais perto e eu não conseguia esperar para enterrar meus pés na areia.

- Chegamos! - Comemorei.

Ele parou a bicicleta no calçadão e eu desci, tirando meu capacete, ele fez o mesmo. Corri para a areia enquanto ele prendia a bicicleta em algum lugar. Tirei minhas havaianas e finalmente senti meus pés se enterrarem na areia. Era um sentimento inigualável.

- Tudo bem ai? - Sterling chegou por trás me assustando.
- Quase me mata de susto garoto! - Reclamei. Ele riu.
- O que você esta fazendo? - Perguntou olhando para mim curioso. Fechei meus olhos deixando as lembranças virem.
- Eu costumava vim a essa praia quando eu era pequena, meu pai me trazia aqui todos os sábados, pois era o único dia da semana que ele podia me ver. Minha mãe havia conseguido a guarda total e meu pai não teve escolha. Nós ficávamos parados, as vezes sentados, as vezes em pé, apenas com os pés enterrados na areia... Ele dizia que tudo poderia acontecer na sua vida, mas a areia sempre estaria aqui para me reconforta. - Desabafei.
- Ele... Morreu?
- Não! Vira essa boca pra lá. - Nós rimos. - Ele viajou, mora na Europa agora. - Expliquei.
- Eu iria adorar seu pai, ele parece uma pessoa legal. - Ele disse passando seu braço pelos meus ombros.
- Todos amavam o Billy. - Dei de ombros. - Que tal aquele sorvete agora? - Perguntei sentindo meu estomago revirar.
- Vamos compra-lo senhorita Cyrus. - Ele disse em um sotaque britânico da realeza bem convincente.
- Onde você aprendeu a a fazer sotaque? - Perguntei surpresa.
- Assisto muita series e filmes. - Ele riu.

Fomos comprar o sorvete, eu comprei de chocolate e ele de creme, e depois compramos de novo só que ele de chocolate e eu de creme. Conversamos por quase uma hora antes de voltarmos e ele me deixar na minha casa.

- Essa tarde com você foi ótima Ster. - Disse devolvendo seu capacete.
- Eu também gostei de conhecer você melhor. - Ele disse se aproximando e me dando um beijo na bochecha. Ele era um fofo, estava respeitando o meu tempo. - Tchau. - Ele se despediu.
- Tchau. - Me despedi também e fui caminhando para a porta da minha casa.

Me virei antes de entrar e ele já estava em cima de sua bicicleta, acenei para ele e ele sorriu para mim. E então foi embora. Subi correndo para o meu quarto e me joguei na cama. Sterling era muito fofo e eu acho que possa esta começando a gostar dele, mas aquele sentimento insistente e idiota que eu sentia pelo Nicholas ainda estava lá. Respirei fundo e decidi esquecer essas coisas do coração por um tempo. Sterling era meu amigo e Nicholas meu passado, apenas.


Hey!!! Gostaram do cap?? Eu geralmente não gosto do que eu escrevo(acho que a maioria das pessoas que escrevem se sentem do mesmo jeito), mas esse cap eu gostei porque foi um momento tão fofo para a Miley <3 Espero que tenham gostado e Comentem Please, isso me faria muito feliz, só teve um coment no cap passado, o que foi? Vocês não estão gostando? Bjss!

Um comentário:

  1. Anjo, eu estou simplesmente apaixonada por sua história! ELA É INCRÍVEL E MARAVILHOSA. Quero mais capítulos ein... Você poderia fazer a gentileza de divulgar meu humilde blog? http://wefoundfaith.blogspot.com.br/ Desde já eu agradeço. Tenha um ótimo dia. Beijos.

    ResponderExcluir